terça-feira, 29 de maio de 2012

STAËL MARIA DA ROCHA ABELHA - MISS BRASIL 61






Olá meus diletos amigos e amigas, tudo bem com vocês? Hoje estou fazendo uma homenagem especial a Miss Brasil 61, a mineira Staël Abelha, atendendo um pedido de um comentarista, que infelizmente não se identificou. Achei uma solicitação tão sincera, um pedido feito com tamanha educação merece uma resposta. Sobre Staël podemos dizer que era uma moça voluntariosa, de beleza singular, uma típica mineira  - um doce de pessoa. Com 1,70m de altura,  58 quilos, 98cm de busto, 58cm de cintura, 98cm de quadris, 19 anos e tinha também os 21cm de tornozelo! Tentou em 60 ser  Miss Minas Gerais mas só conseguiu em 61 e partiu para o Rio de Janeiro preparada para conquistar o Miss Brasil, fazendo o público do maracanãzinho vibrar com a cadência rítmica de seus passos na passarela "ferradura". Infelizmente, logo depois de eleita não queria assumir os compromissos com a organização do Concurso e segundo o noticiado na imprensa da época, foi uma verdadeira operação de guerra fazer Staël embarcar no jato da Lufthansa rumo a Miami Beach. A situação ficou tão tensa que a direção dos Diários Associados chegou a convocar a carioca Alda Coutinho de Morais ( a 3ª colocada) para estar pronta para ir aos Estados Unidos. Staël foi para o Miss Universo mais estava tão desinteressada ( com saudades do namorado ) que resultou na primeira desclassificação brasileira no Miss Universo. Ao regressar de Miami, Staël renunciou ao título, sendo substituída pela gaúcha Vera Maria Brauner. Dedico este post ao "anônimo gentil" e também ao nosso amigo J. Botafogo, fã n° 1 da mineirinha de Caratinga. Abraços

10 comentários:

J. Botafogo. disse...

Prezado Evandro, não imaginas a satisfação incontida ao abrir este blog e me deparar com um lindo "banner", recheiado de lindas fotos da nossa querida "Miss" Brasil 1961 Staël Abelha. Telete, como é chamada carinhosamente pelos seus familiares, apesar de não ter sido classifiada entre as semifinalistas do "Miss Universo, ter renunciado ao título, continua no imaginário do seu grande público, igual aquela noite fria do Maracananzinho em que conquistou unanimemente todo o público presente, ofuscou todas as candidatas com a sua imensa beleza, simpatia e carisma.
Obrigado pela lembrança.
Abraços.

Anônimo disse...

A coisa não foi bem assim não. A questão não foi só o fato de ela não querer asumir os compromissos pós-Miss Brasil e ne chegar desinteressada nos EUA, para o Miss Universo, por conta das saudades do namorado. O que se comentava, à época, foi que ela sofreu com os ciúmes do seu namorado - MUCIO ATHAYDE, Deputado Federal. Dizem as más línguas que ele era terminantemente contra a participação dela nos desfiles, o ciúme era doentio mesmo e quando ele a viu eleita MISS BRASIL, pensou: Agora não tem mais jeito mesmo. Fez d etd para ela não viajar e obrigou-a a "amarelar" noMiss Universo, porque ele não a aceitaria com mais essa vitória. Por isso que, ao retornar ao Brasil, ela renunciou e casou-se logo em seguida. A história é essa, viu? (RENATA PARANHOS)

Hamilton Mota Mendes disse...

Não é das minhas preferidas Miss Brasil, mas reconheço essa "brasilidade", essa "morenice",esse tipo bem brasileiro que a fizeram vencer fácil no Maracanãzinho.Quanto a renúncia, acho que já foi explanado acima. Sempre quando vejo Stael,lembro-me da inesquecível Alda Coutinho de Moraes.

Anônimo disse...

Quanto a Miss Piauí universo 2012.
Nota 10...10...10...10...em todos os quesitos.
Saudações
Lourival.

Anônimo disse...

Olá, Evandro...sou o "anônimo" que lhe pediu essa postagem primorosa que você publicou. Devo acrescentar que o Múcio Athaíde ERA SIM apoiador de Stael nos concursos de beleza. Ele próprio a buscou em avião da propriedade dele, em Caratinga, levando-a à BH onde, no Pampulha Iate Clube - PIC - presenciou sua vitória como Miss Minas Gerais. Vou continuar esse comentário e desde já me identifico com o nome de "Anônimo Feliz".

Anônimo disse...

"Anônimo Feliz" continuando o comentário anterior: acontece que a cidade de Caratinga é extremamente religiosa e o tio dela, Monsenhor Rocha, achava inadmissível a exposição da sobrinha pelo país e mundo afora, com pernas e requebros que o escandalizavam. Isso mesmo, escandalizavam...e embora a mãe de Stael, Dona Glorinha, apoiasse a filha incondicionalmente nos eventos de beleza de que ela participou (Minas, Brasil e Universo), não teve outra solução que não obedecer às ordens do irmão que, arrasado com o sucesso avassalador da sobrinha nos termos que ele condenava, caiu enfermo, colocando pressão na linda e charmosa Miss Brasil 1961 e nos demais familiares. Stael segurou uma barra terrível...e sua recusa em ir ao Miss Universo deveu-se tão somente ao estado em que se encontrava o tio religioso, o influente Monsenhor Rocha. Continuo...

Anônimo disse...

"Anônimo Feliz" prossegue em seu comentário: o Múcio era louco por sua formosura e jamais a pressionou para abdicar dos títulos que conquistou...tanto que só se casaram em 1964, na Igreja São José, localizada na Avenida Afonso Pena, em Belo Horizonte. Foi um casamento descomunal, com a presença de um coral renascentista, glamuroso, concorrido...mas foi sua última aparição nos meios de comunicação, infelizmente...quando retornar, tenho outras "novidades" para contar, dessa que para mim , é uma das mais fantásticas misses que já tivemos.

J. Botafogo. disse...

Prezado Anônimo Feliz, sou fâ incondicional de Staël, para mim não importa sobre os acontecimentos do concurso participados por ela, importa-me a sua beleza e carisma ao conquistar por unanimidade, pela primeira vez, o Maracananzinho. Muito a mídia comentara sobre o seu desinteresse pelo MU 1961 cumulando com a sua desclassificação entre as semifinalistas, para mim um fato irrelevante, eu não me norteio pelos resultados internacionais e sim pela beleza das candidatas e beleza Staël tinha para qualquer competição, apenas 1961 não fora o ano dela, assim como 1960 não se elegera "Miss" Minas Gerais.
Eu gostaria muito de me corresponder com você, para tanto, solicite o meu e-mail ao Evandro, não quero expô-lo aqui. Aguardo uma breve resposta sua.
Abraços.

alexia disse...

eu também sou fã incondicional de stael.para mim ela sempre foi um mito pois foi a primeira vez q tive uma revista (o cruzeiro e manchete ) nas minhas mãos e pude ver uma das misses q minha mãe e minha tia sempre falavam.então ela ficou sendo a minha miss.encantava-me também o nome dela que eu nunca tinha visto e vi em ninguem.se eutivesse tido uma filha com certeza teria homenageado-a com este nome.eu tnha 9 anos em 61.

Anônimo disse...

Ia comentar q estava me apaixonando por Staël...Não é,definitivamente,fotogênica,mas mas tem beleza,sim,luminosa no rosto.Com o texto do anônimo Feliz,lembrei,de fato,desses casos,q foram aparecendo posteriormente;acho que foi,até circulado na imprensa;mas tudo ficou como boato.Lembrei!Foi numa entrevista de TV;há pouco tempo:talvez 3 anos.Deve ter sido com um jornalista.Imaginem a estado emocional da MB61!Se ela não foi deposta,é pq a verdade apareceu e foi essa q o Anônimo falou.Achei,agora,na inte:http://memoria.bn.br/DocReader/DocReader.aspx?bib=093092_05&PagFis=6850.Abraços,Japão

PESQUISE QUALQUER ASSUNTO AQUI NO NOSSO BLOG

,

,

################### 50 ANOS DA ELEIÇÃO DA MISS UNIVERSO 1967 ##################

################### 50 ANOS DA ELEIÇÃO DA  MISS UNIVERSO 1967 ##################
SYLVIA LOUISE HITCHCOCK, MISS USA e MISS UNIVERSO (IN MEMORIAM)

############## 50 ANOS DA ELEIÇÃO DA MISS BRASIL UNIVERSO 1967 #################

############## 50 ANOS DA ELEIÇÃO DA MISS BRASIL UNIVERSO 1967 #################
CARMEN SÍLVIA DE BARROS RAMASCO, MISS SÃO PAULO e MISS BRASIL

,

,

############################## PANTEÃO DO BLOG ###########################

############################## PANTEÃO DO BLOG ###########################

********************************* NOSSAS VICES-MISS UNIVERSO ********************************

********************************* NOSSAS  VICES-MISS UNIVERSO ********************************