domingo, 5 de julho de 2009

A MISS Nº 1 DO BRASIL MESMO SENDO VICE



Martha Rocha, tinha 38 polegadas de quadril, enquanto a americana Miriam Stevenson, tinha 36. Os enviados especiais da imprensa brasileira creditaram a derrota às duas polegadas (5 cm) a mais. A explicação revoltou o país e explodiu nas ruas quando Pedro Caetano e Carlos Renato lançaram a marcha de grande sucesso do Carnaval de 1955: “Por duas polegadas a mais / passaram a baiana pra trás / por duas polegadas, e logo nos quadris / tem dó, tem dó seu juiz”. Então fiz esta foto-montagem com o rosto de Martha Rocha no corpo perfeito de Martha Vasconcellos, pois se assim o fosse já teríamos três Miss Universo. Bom domingo amigos!

12 comentários:

Anônimo disse...

É, o rosto de MRocha é alucinante.MV é linda, assim como Vera Fischer estava linda no MU.O corpo, colocaria de Márcia Gabriele; todos sabem que sou fã daquele corpão. abraços, JAP PS: Parabéns, Evandro, pela ousadia!não é qualquer um que mexe nos ícones brasileiros.

Hamilton Mota Mendes disse...

Evandro,parabéns pelas fotos que você colocou.Martha Rocha está classudérrima desfilando de maio,mais contenporânea impossível.O perfil de Martha Vasconcellos é lindo,o sapato branco destoa um pouco.Não vai existir Miss igual a Martha Rocha.Abraços Hamilton.

MARCIO LANDIN disse...

Que criatividade. Realmente, as Marthas são belas. O corpo de Vasconcellos é lindo e o rosto é também, somente que a Rocha é um símbolo de beleza que é admirado por todos. Sobre Martha Rocha seria Miss Universo representando qualquer país, coube ao Brasil, somente que foi o ano de 1954, o primeiro das norte-americanas. E não abriram mão desse precedente, infelizmente. O que se sabe e que ela recebeu o carro que caberia a vencedora, alguns comerciais, foi oferecida a ela estadia nos EUA e até contratos em Hollywood, sendo que ela não aceitou. Foi beijada pelos artistas mais importantes da época. Repeito para mim, é a Miss Uiverso em 1954. No Brasil pousou ao lado das principais personalidades e enobreceu as noites cariocas.

MARCIO LANDIN disse...

Repito. Miss Universo 1954. O Brasil há muito já merecia as 3 coroas.

ML

Anônimo disse...

A Miss Universo 1954, de fato, foi relamente Martha Rocha.Prova foi a receptividade popular que a mesma teve não só no Brasil, como em todo o mundo. Até mesmo, os americanos reconheceram a superioridade da brasileira.
A história das duas polegadas foi um subterfúgio para prsentear os Estados Unidos com o título de Miss Universo.Afinal de contas obter um segundo lugar consecutivo
seria demais para o país organizador do evento, principalmente no início do certame.

Anônimo disse...

Myrian Stenverson, apesar de bonita, jamais ganharia de Martha Rocha se os jurados tivessem censo de justiça.
Lamento que o resultado daquele concurso já estava decidido.

Anônimo disse...

Em sendo, a primeira Miss Univers Norte-Amercana, não teve nenhum momento de louvor, a não ser assistir no júri a vitória de outra Martha em 1968. Muito pouco para quem tirou a legítima Coroa da primeira Brasileira nas passaelas, inesquecível e deslumbrante que quem assistir o vídeo que you tu be de 1954, verá o rosto de "assombro" das misses 1953 e 1952 ao verem a bela Martha Rocha desfilar.

Anônimo disse...

Sem sombra de dúvidas, essas foram as duas mulheres mais belas dos Concursos de Miss Brasil, de todos os tempos. Por coincidência, são duas Martas e ambas são baianas. São belezas de tirar o fôlego. Não dá pra comparar, só apreciar mesmo. Simplesmente LINDAS!

Anônimo disse...

Marta Rocha era linda, belíssima mesmo, mas pecava no corpo: realmente, ela tinha quadril demais e pernas firmas, sem panturrilha! A americana fazia o tipo "perfeitinha", de cima a baixo, o corpo era escultural. Não era tão bonita quanto a Marta, mas agradava bem mais do que ela!

MARCIO LANDIN disse...

É uma opinião isolada, as imagens no vídeo de You tube dizem tudo... sobre a beleza do corpo de Martha está nas revistas e nos jornais da época e no seu álbum. Sobre a vencedora, por ter sido a primeira se tivesse todo esse corpo e beleza, deveria ser mais lembada. E NÃO É.

Anônimo disse...

Não tenho cheque para defender nem Marta e nem Mariam Sterverson ou depreciá-las. Beleza é fundamental! O You tube recuperadas recentemente de 1954 em cores e dão a prova da beleza de rosto e corpo em Miami Beach de Martha Rocha na sua juventude. Não tem comparação que tenha o alcance de fama que ela teve em nenhuma História do Miss Universo e Brasil, até a sua tiara em ouro como Evandro disse foi um presente chileno. Martha foi a segunda, mas a Primeira de 1954. E isso não fui eu quem disse, foram os que a viram a abaçaram e sustentou as noites cariocas com sua beleza por décadas nos tempos áureos da Cidade Maravilhosa. Os que a beijaram e tiveram o privilégio de conhecer pessoalmente são unânimes em dizer: Martha é a mulher mais bela do Mundo. Até a própria Adalgiza Colombo em entrevista pela TV confessou não ter havido mulher mais bela que ela. No mais, basta consultar a beleza de seu corpo nas imagens que existem. Sobre pernas, no Miss Brasil tem pernas bem menos referendadas que não chegaram a segundo lugar e nem a fama que ela tem com méritos próprios.

Anônimo disse...

Para o amigo MÁRCIO LANDIM:

Quando vc diz "...Sobre a vencedora, por ter sido a primeira se tivesse todo esse corpo e beleza, deveria ser mais lembada. E NÃO É...", saiba que isso não foi e nem é o que os americanos pensam não. O "mito" Marta Rocha se eternizou aqui no Brasil, por nós, brasileiros, que não nos conformamos com a derrota da nossa candidata, na 1ª vez que o país mandou uma representante para o Miss Universo. Esse folclore td da história do "duas polegadas a mais" foi folclore, criado por nós. A Marta era e é linda, mas os jurados viram na Stevenson o conjunto mais adequado para consagrar-lhe a vitória. É normal termos ficado entristecidos, afinal de contas, era a primeira vez que tínhamos uma Miss Brasil no Miss Universo e, o que é pior, como franca favorita. Nos detivemos bastante nos olhos e no sorriso da Marta (que são os mais belos do mundo), mas ela realmente pecava no quadril (exagerado) e nas pernas (finas, inteiriças e sem panturrilhas). É, Márcio, naquele tempo a coisa não era fácil não: a beleza era analisada sob a ótica da beleza da mulher mesmo, por inteiro, sem falta, porém, sem exageros tb. Abração!

PESQUISE QUALQUER ASSUNTO AQUI NO NOSSO BLOG

,

,

################### 50 ANOS DA ELEIÇÃO DA MISS UNIVERSO 1967 ##################

################### 50 ANOS DA ELEIÇÃO DA  MISS UNIVERSO 1967 ##################
SYLVIA LOUISE HITCHCOCK, MISS USA e MISS UNIVERSO (IN MEMORIAM)

############## 50 ANOS DA ELEIÇÃO DA MISS BRASIL UNIVERSO 1967 #################

############## 50 ANOS DA ELEIÇÃO DA MISS BRASIL UNIVERSO 1967 #################
CARMEN SÍLVIA DE BARROS RAMASCO, MISS SÃO PAULO e MISS BRASIL

,

,

############################## PANTEÃO DO BLOG ###########################

############################## PANTEÃO DO BLOG ###########################

********************************* NOSSAS VICES-MISS UNIVERSO ********************************

********************************* NOSSAS  VICES-MISS UNIVERSO ********************************