domingo, 7 de março de 2010

O QUE É QUE A BAIANA TEM?



Meus diletos amigos, esta será a última abordagem sobre o tema do traje típico "baiana", eu prometo! Entretanto, faz-se necessário porque algumas pessoas (sobretudo as mais jovens) não entendem a diferença entre a indumentária de baiana, a roupa típica tradicional das antigas baianas nas festas religiosas e nas manifestações populares e das fantasias criadas por Carmem Miranda, nos anos 40 e 50, para suas apresentações em teatro e filmes. São coisas completamente diferentes, tanto visualmente falando quanto cultural. As misses brasileiras pegaram "carona" no sucesso de Carmem Miranda no exterior, mas usaram as "baianas estilizadas", tendo como inspiração o traje tradicional das baianas, seja da Bahia ou do Rio de Janeiro. A primeira Miss Brasil que levou um traje típico homenageando Carmem Miranda foi Martha Jussara da Costa, em 79. Espero que tenha conseguido esclarecer este ponto confuso que se formou em torno do assunto.

"A humilhação de um malé criou o traje das baianas
Fernando Barreto

A indignação de um sacerdote malé, pela leviandade da filha, criou o traje característico, que passou à história com o nome de "baiana". Divulgado pela inimitável Carmem Miranda em suas andanças por este e outros continentes.

Diz exatamente a lenda, que a moça bonita, filha do sacerdote malé, era demasiadamente leviana. Um dia, indignado, notou o pai que ela ia ser mãe. Para castigá-la, determinou que passasse a usar um traje humilhante, vendendo doces para ganhar a vida." Fonte:http://www.blogger.com/post-create.g?blogID=6597763609572807067

12 comentários:

Alberto disse...

Ela tinha! Não suporto mais esses trajes típicos de baianas a lá Carmem Miranda.Apesar das inovações tudo terminam em nada.Basta!

Bruno Augusto disse...

Pois bem amigo Evandro! Carmem Miranda ou baianas , não dá mais para serem trajes típicos , representando o nosso País.Basta ! Chega! Vamos gente ser criativos e abordar outros temas.

MARCIO LANDIN disse...

Encerrado esse assunto, concordo com a frase: "O país que a si mesmo não se admira, não pode admirar mais ninguém".

MARCIO LANDIN disse...

http://www.jangadabrasil.com.br/revista/fevereiro63/pa63002b.asp

SOBRE O TRAJE DE BAIANA DE CARMEM MIRANDA:
Deve-se, sem dúvida, ao aplaudido compositor musical Dorival Caymmi a vulgarização da fantasia de baiana. Quando escreveu a composição Que é que a baiana tem?, de êxito imediato, alguém se lembrou de incluí-la num filme musical. E tiveram de ambientá-la, com um cenário da Bahia, no qual Carmem Miranda surgia, vestida de baiana, ao seu jeito, para cantá-la. Do filme, levou Carmem Miranda a música para os cassinos e, depois para o exterior, divulgando-a no palco, no cinema, na televisão. A fantasia foi se complicando e passou a ser quase uma criação original, apenas sugerida pela autêntica indumentária das baianas. Mas, por ser a mais divulgada, foi aceita como se fosse a exata, ou a mais aproximada. É claro que, antes da música de Dorival Caymmi e dos sucessos de Carmem Miranda, já era popular a fantasia de baiana, com características outras, menos pomposas, mais discretas e muitas das nossas atrizes do teatro de revista assim se tinham apresentado. Entretanto, faltava-lhe um meio de divulgação como o cinema, um prestígio como o de Carmem Miranda e uma música tão inspirada como a de carnaval que se tornou uma espécie de hino da baianidade.

Ari Barroso, que, parece, tinha tentado sem sucesso esse filão antes dele, numa canção chamada Na baixa do sapateiro, viu de repente ressurgir essa música como um dos seus maiores e mais merecidos sucessos. Dorival Caymmi já virou praça, em sua terra natal. Ari Barroso parece que vai virar também, não na Bahia, de onde não é filho, mas em Uberaba, onde nasceu, embora com grande oposição do PR, que é, ali, pirrônico, sistemático, aristocrático e não quer dar bola para um simples compositor popular, embora com o imenso talento do autor de Aquarela do Brasil. Se ele perder a praça em Uberaba e se os baianos não cochilarem, ele há de ter como consolo pelos menos um beco, ali pegado à Baixa do Sapateiro...

Mas, voltemos, à fantasia de baiana. Com seus balangandãs, ou berenguendens, como querem alguns, a vestimenta das pretas quituteiras da Bahia, — com as quais tantas vezes têm andado injustamente implicando certos governantes de maus bofes, — sempre impressionou os visitantes estrangeiros, que desde os tempos dos vice-reis andaram peregrinando por estas terras. Num país sem trajes regionais como o nosso, em razão da própria pobreza em que nos afundamos, tinha de um dia surgir a estilização da indumentária das baianas, para aproveitamento artístico e carnavalesco. É mais próprio, aliás, do que querer alguém converter as apertadas calças dos vaqueiros e os seus gibões e chapéus de couro em trajes regionais, pois que aquilo nunca foi traje e sim uma simples defesa do corpo nos trabalhos de campo.

MARCIO LANDIN disse...

Sei que o texto e longo o cliquei apenas para consultas.

http://www.antennaweb.com.br/edicao5/artigos/artigo2.htm

Alberto disse...

Sim Marcos que exagero! Evandro espero que der por encerrado esse papo de baianas e de Carmem Miranda. Acho que no Brasil realmente tem outras culturas para olharmos e valorizarmos.

MARCIO LANDIN disse...

O assunto já foi perfeitamente esclarecido. Agora é partir para outro com o mesmo valor.

Jaime disse...

Também concordo! Chega de tanto assunto sobre baianas e a la Carmem Miranda.Affffff!!! Temos coisas melhores!

Anônimo disse...

Acho o Traje Típico de BAIANA ainda a verdadeira "cara" do Brasil: é charmoso, vistoso, tradicional...É mt bonito quando vemos a nossa Miss envolta em saias bordadas, cheias de armação, além das blusas generosamente pequenas, com a abrriga de fora e mangas com mts babados. Na cabeça, arranjos de frutas ou de flores e no pescoço, mts colres coloridos - cada um representando um ORIXÁ, na linguagem nagô. Mudar pra que? Pra colocar uma Natália Anderle vestida com uma vitória-régia de espuma comprada na 25 de Março? Ah, tem dó!BAIANA SIM, PORQUE SIM!

MARCIO LANDIN disse...

Muito bem anônimo! Adorei seu comentário! Apimentando ainda mais esse tema. "Baiana" concerteza é simbolo nacional eterno e ninguém pode tirar isso! Não seremos nós quem faremos isso, mas quem preservam essas culturas são os povos negros e aqueles que nos visitam diariamente na Bahia. Que vêem as imagens de uma Escola de Samba carioca dançar o verdadeiro e puro samba na Sapucaí! Seja ela "americanizada" a la Hollywwod, seja atrás de tabuleiros simples vendendo quitutes e acarajés, saboreado por tantos turistas do mundo todo. Baiana cantada tão bem pela mineira Clara Nunes, pelos versos de Caymmi ou por tantos compositores da MPB. Como tirar isso? Coisa velha e antiga??? Bem é questão de prisma e de conhecimento de causa. Elas são a herança da nossas raízes e estão presentes em várias regiões do país vestidas daquele jeito, faceiras, humildes, sorridentes, prestando adoração aos seus orixás. Já vir vestida de orixás baianos é uma tarefa difícil e mal apresentada em Concursos de Misses. Até mesmo em terreiros temos coisas melhores! Quem vem a Bahia e vê as estátuas de Mário Cravo na sede dos Correios, no Dique de Tororó que é um imenso lago com os orixás dentro em base de bronze e outras referências no Museu Martim Santana no Pelourinho, sabe que não é apenas um mito, é realidade é daria muito pano para manga com as baianas que estão bem trajadas na Praça da Sé e no Terreiro de Jesus ou nas Ladeiras do famoso Pelourinho.
E é só para o momento!

MARCIO LANDIN

Anônimo disse...

Para MARCIO LANDIM:

Pois é, Márcio, eu sou o anônimo e peço desculpas por não ter me identificado: Sou o FLÁVIO HENRIQUE PASSOS SOUTO MAIOR, natural de Recife-PE. A minha opinião efetivamente expressa o meu sentimento de patriotismo, brasilidade e tradição. Obrigado pelo apoio. Abraços.

Anônimo disse...

Concordo com os dois comentaristas de cima!O Brasil tem várias culturas e precisa mostrar todas. Assim como já falei do típo físico que prefiro: das bahianas e das pernambucanas:esguio.Neste MB 2010:GO,MG,BA,PE e MS.Ainda MG em 1°.Bem, das bahianas acima, fico com a 2ª(dourada), de Oxum? abraços, Japão

PESQUISE QUALQUER ASSUNTO AQUI NO NOSSO BLOG

,

,

################### 50 ANOS DA ELEIÇÃO DA MISS UNIVERSO 1967 ##################

################### 50 ANOS DA ELEIÇÃO DA  MISS UNIVERSO 1967 ##################
SYLVIA LOUISE HITCHCOCK, MISS USA e MISS UNIVERSO (IN MEMORIAM)

############## 50 ANOS DA ELEIÇÃO DA MISS BRASIL UNIVERSO 1967 #################

############## 50 ANOS DA ELEIÇÃO DA MISS BRASIL UNIVERSO 1967 #################
CARMEN SÍLVIA DE BARROS RAMASCO, MISS SÃO PAULO e MISS BRASIL

,

,

############################## PANTEÃO DO BLOG ###########################

############################## PANTEÃO DO BLOG ###########################

********************************* NOSSAS VICES-MISS UNIVERSO ********************************

********************************* NOSSAS  VICES-MISS UNIVERSO ********************************