segunda-feira, 27 de outubro de 2008

SÉRIE TIRA-TEIMA MISS UNIVERSO 87



Meus amigos frequentadores do Blog, meus agradecimentos pela participação e pelos comentários postados, vocês são o néctar deste blog!
A série do tira-teima chega ao ano de 1987, sob a direção do dono do Baú da Felicidade que, já demonstrava impaciência por não haver ainda eleito uma Miss Universo. Jacqueline Ribeiro Meirelles fora eleita numa disputa acirrada com a Miss Goiás, Ana Amélia de Paula Carneiro. No Miss Universo realizado em Cingapura, Jacqueline Meirelles conquistou o primeiro lugar em traje típico mas não avançou para o grupo das semifinalistas. Não dava pra nenhuma outra miss segurar Cecília Carolina Bolocco Fonck, a bela Miss Chile, boa em traje de banho, na entrevista e em traje de gala. Cecília foi perfeita durante e depois de eleita Miss Universo 87. Abraços

15 comentários:

J. Botafogo disse...

Jacqueline Meirelles foi uma "Miss" Brasil de beleza pouco harmoniosa e nunca ficou claro o dircurso de Joyce, jurada do "Miss" Brasil em 1988, quando na hora de decidir quem seria a vitoriosa, dissera, que por mau comportamento no exterior, a representante brasileira já sofrera punição, não sendo classificada. A dúvida é se a citada jurada se referira a Jacqueline ou à "Miss" Bahia.
Quanto a Cecilia Bolocco, a noite era dela, eu nunca vi uma representante tão contagiante em todas as fases do concurso; é como se ali ela estivesse (e estava) sendo a protogonista principal de um grande espetáculo. Para mim, esta "Miss" Chile 1988, é uma das melhores misses Universo de todos os tempos.
Abraços.

MARCIO LANDIN disse...

Amigos, é um prazer para mim visitar esse espaço dedicado à beleza brasileira. Amigo J. Botafogo, em 1987 venceu Jacqueline Meirelles representando o Distrito Fedral (Brasília) e em 1988 venceu Isabel Cristina Beduschi representando Santa Catarina. O Concurso de Miss Universo foi realizado em Taipé Taiwan (uma claro objetivo de extender o Miss Universo para o oriente). Ali deixa de apresentar a série Bob Backer. A vencedora foi a Miss Tailândia, 23 anos após a conquista da primeira coroa em 1965. No Miss Brasil realizado no Teatro Silvio Santos, São Paulo, que tive o prazer de assistir a decisão coube entre a baiana Vanessa Blumenfeld Magalhães Victal, Miss Bahia 1988, um loura muito bonita e uma mineira. Para nossa surpresa coube a coroa a Miss Santa Catarina, eleita fora dos padrões do Miss Universo por voto "nominal", dispensando a contagem de pontos que era de praxe nas edições do concurso naquela época até nossos dias. Assim, por desempate entre as candidatas de Minas Gerais e a Bahia naquele ano, elegeu-se a Miss Santa Catarina Isabel Beduschi. Águas passadas não mexem moinho. Quanto ao apresentador Silvio Santos estava realmente cansado e foi operado das cordas vocais naquele exato ano nos EUA. Silvio não fez o papel do apresentador e entrevistador que fazia em outros concursos seus. O programa entregue aos organizadores descumpriu o requesito básico daquele concurso de contagem de pontos das edições anteriores. Uma jurada que alegou algo como a candidata baiana não ter o perfil adequado para a Miss Universo, na opinião dela deu como vencedora outra candidata. Resultado dado, ao final nas entrevistas com a vencedora, alguns jornalistas ao verem Vanessa Victal da Bahia, indagaram perguntas a ela pensando ser esta última a Miss Brasil daquele ano. Problemas à parte, a baiana em questão de 1988 não participou do Miss Mundo ou Internacional ou qualquer outra edição de concursos, embora as poucas fotografias que possuem dela nos bloggers mostrem sua beleza no mínimo fotogênica. Mas Passou, passou. Já em 1989, foi a vez de de dar a Miss Bahia o título de Miss Simpatia, sobrinha de Martha Rocha, também passou, passou. Eu quis apenas retificar e esclarecer essa história intrigante do Miss Brasil, uma vez que nos últimos anos as representantes baianas a excessão de 2006, não fazem juz ao Estado por falhas na sua organização local pela GAETA. Embora não seja missólogo e divida com vocês esse espaço de Evandro, tanbém parabenizo o seu trabalho constante pela memória do concurso. Coloco esse desafio aos missólogos, pesquisadores sobre o que ocorreu de fato em 1988, porque a baiana não respresentou o Brasil em nenhuma outra etapa ou perdeu a sua eleição? Como admirador também gostaria de ouvir o comentário ponderado e o resultado dessa pesquisa. Não tenho visto video daquele concurso e poucas edições em revista e ninguém indagou o porquê da ausência daquela bela miss em outros concursos. Por isso mesmo, acho intrigante. Em leitura a um blogger a vencedora se nega a falar do assunto. Um abraço. Parabéns pelo Espaço.

Quanto a Miss Chile Boloco, concordo em todos os adjetivos como uma da mais belas misses latinas, cumpriu fielmente o prescrito e esteve a altura das mais belas do Universo. O vídeo dela na despedida em 1988 ficou muito especial.

J. Botafogo disse...

Olá Márcio, desculpa, mas acredito que não tenhas entendido o meu comentário. Eu sei perefeitamente que Jacqueline fora "Miss" Brasil em 1987, a minha dúvida é sobre o julgamento da jurada Joyce. Não ficou claro se o mau comportamento fora da Miss Brasil 1987 ou de Vanessa. De qualquer forma, se ela estava se referindo à "Miss" Bahia, pela falta de limpidez na sua fala, Jacqueline saiu atingida, pois faltou clareza na sua decisão ao dar o título à "Miss" Santa Catarina. Esse concurso eu assistir ao vivo pela TV e tenho o vídeo em muito boa qualidade.
Por outro lado, o fato de Vanessa Magalhães não ter sido a eleita, a mim não importou pelo fato de eu achar que a grande injustiçada daquela noite, fora a "Miss" Pernambuco, ela sim, a meu ver, deveria ter sido a "Miss" Brasil 1988.
Abraços.

Anônimo disse...

...Lembro de miss Pernambuca( uma mulata belíssima) e concordo com J Botafogo...Concurso estranho este!...Como seria bom se vc, J Botafogo me desse uma cópia desse concurso, mas sonhar é sonhar e não custa nada!...Beijos missólogos. Hilton

J. Botafogo disse...

Obrigado Hilton, por entenderes o que eu escrevi. Manda o teu endereço para o e-mail do blog, que Evandro me entrega e eu envio para você uma cópia do DVD do concurso.
Abraços.

Anônimo disse...

Puxa,tanto comentário interessante! que dá dias de conversa. Parabéns aos três! Lembro do concurso de Bolocco, não era a minha preferida. A brasileira, na época, para mim, era perfeita; uma das mais lindas do MB. Lembrei desse zum-zum-zum sobre mal comportamento; também não sei a quem se referia ao certo. Agora, comparando a estética, a diferença é gritante, claro que a favor de MU. Quanto à sobrinha de Martha Rocha, torci por ela. Naquele ano ainda tinha a preferida do público: Miss PB. tenho que recorrer aos vídeos, de novo! Fui conferir o MU 79. abraços, JA

Anônimo disse...

Ah! querido...muito obrigado, farei isso...Caramba...nem acredito...Valeu! obrigado de coração!!!

Anônimo disse...

...desculpem, eu esqueço de assinar. O comentário de agradecimento a J.Botafogo foi feito por mim, Hilton.

Anônimo disse...

J. Botafogo, caso vc tenha os vídeos de 1988 e de 1989 ou Evandro tem liberdade de mandar e-mail para mim: indioba@hotmil.com

Abraços.

MÁRCIO LANDIN disse...

Desculpe-me por falta de clareza num comentário extenso, pois meu desejo foi apenas dar luz ao que ocorreu em 1988 e não ao de 1987. Concordo cque Miss Pernambuco tinha espaço para uma colocação melhor, viviamos momentos em que o concurso esteve em mãos de Silvio Santos e este esteve ausente. Os que ficaram "descumpriram uma norma do Concurso e não indicaram para a vice qualquer que ficasse outra particiapação. E isso é intrigante e prejudicial. Concordo que também estavámos em descompasso com o Miss Universo que apontava para outras misses com outras belezas,inclusive a negra. Na passarela brilharam muitas entre elas destacou-se Vanessa Vital e isso não é uma opinião isolada, assim como a pernambucana.

J. Botafogo disse...

Olá Márcio,
Este é um espaço sadio, feito para darmos vazão ao que pensamos dos certames de beleza; feito para nos solidariezarmos; jamais vou me indispor com alguém, prefiro a amizade de todos os freqüentadores deste blog e agradecer ao Evandro pela boa vontade de sempre pesquisar, garimpar e trazer a todos nós novos posts e outros antigos, adormecidos pelo tempo, para podermos nos distrair.
Abraços.

Vera Lúcia disse...

Por isso que sou sua fã, J. Botafogo. Sempre tem uma palavra amiga para dizer em qualquer situação. Gostaria muito de conhecer o dono das palavras bonitas que sempre leio. Seria muito se eu pedisse uma foto sua para eu te conhecer?
Abraços para você e todos os frequentadores.

MÁRCIO LANDIN disse...

Fica meu registro neste blogger que não procurei me dirigir pessoalmente a ninguém, senão manisfestar que houve algo de "estranho" em 1988. Até porque poucas fotos temos do evento. Raros registros. Somente os que assistiram pessoalmente ou pela TV puderam perceber. Peço-lhe desculpas publicamente aqui neste espaço diante de todos caso tenha sido interpretado desse modo. Ao contrário, passei e-mail para o Evandro do meu interesse em ter o vídeo de 1988, que recomendo a todos que se interessam em Misses. Aondo estou sempre procuro ser amigo dos amigos. Falei a respeito de uma falha, no meu modo de ver, "grosseira" do MU no Brasil na forma de decidir pelo voto nominal quando a prática até 2003 foi de contagem de pontos. Além disso, foi uma falta mais grave não ter credenciado nem a segunda, colocada em outro certame. E isso para mim foi grave. Logo após um a no o Brasil e Silvio Santos se despedem do Concurso. Para quem visite está registrado nesse espaço o que foi escrito e foi alvo de comentários em jornais, entre pessoas que participaram do após o evento em São Paulo. Não quis de modo nenhum, reptito, falar de nenhum missólogo, ao contrário, lancei um desafio aos mesmos. Defender uma mulher bonita de fato Vanessa Victal, baiana, injustiçada, assim como outras tantas misses em outras épocas de tantos outros estados, não é novidade. Desejo a vc que continue externando comentários sempre valiosos, como leio a todas os outros, concordando ou discordanto ou me deixando feliz pelas contribuições. Agradeço ao Evandro, que no meu modo de ver é esse pesquisador nato, que delega boa parte do seu precioso tempo em nos brindar com fotos tão maravilhosas, com esse resultado que serve para todos nós ver e consultar a qualquer tempo, tanto os admiradores passados, quanto aos que vierem a ler essas edições. Eu, novamente retifico que uso esse espaço pra me distrair. A minha colocação se restringe a organização de concursos de beleza, esse problema a nós não pertence. Se pertence é de quem pensa que o "organiza". E naquele ano o responsável, afastou-se da emissora, deixou de fazer o que ele mais gosta, apresentar e entrevistar muito bem, como é do conhecimento de todos.

Abraços,
Márcio Landin

E caso vc também tenha o vídeo, colcoquei-me disponível a ter contato: indioba@hotmail.com

EVANDRO SILVA disse...

Olá Márcio Landim,

Acredito que vc não saiba que em 1988 Sílvio Santos não tinha mais a franquia do Miss Mundo Brasil, não posso dizer exatamente o motivo mas talvez pelo problema de saúde dele, não sei ao certo. O fato é que tanto em 88 quanto em 89 o Brasil não mandou representantes para o Miss Mundo. Sòmente em 1990 foi realizado em Brasília o concurso Miss Mundo Brasil, com a vitória da paranense Karla Cristina Kwiatkowski. Sobre seu pedido dos dvd entrarei em contato por e-mail. Obrigado pela participação efetiva no blog!

MÁRCIO LANDIN disse...

Evandro, meu muito obrigado pela respostas precisas, pelo interesse e o descredencimento de SS era um ítem desconhecido. De fato, há muitos outros mistérios desconhecidos. Esse é um que ficou mais evidente. Aguardo então teu e-mail.
Sim, 1988 foi um ano para orientais verem. Pena que o Miss Mundo estava bem ali à espera do Brasil.

PESQUISE QUALQUER ASSUNTO AQUI NO NOSSO BLOG

,

,

################### 50 ANOS DA ELEIÇÃO DA MISS UNIVERSO 1967 ##################

################### 50 ANOS DA ELEIÇÃO DA  MISS UNIVERSO 1967 ##################
SYLVIA LOUISE HITCHCOCK, MISS USA e MISS UNIVERSO (IN MEMORIAM)

############## 50 ANOS DA ELEIÇÃO DA MISS BRASIL UNIVERSO 1967 #################

############## 50 ANOS DA ELEIÇÃO DA MISS BRASIL UNIVERSO 1967 #################
CARMEN SÍLVIA DE BARROS RAMASCO, MISS SÃO PAULO e MISS BRASIL

,

,

############################## PANTEÃO DO BLOG ###########################

############################## PANTEÃO DO BLOG ###########################

********************************* NOSSAS VICES-MISS UNIVERSO ********************************

********************************* NOSSAS  VICES-MISS UNIVERSO ********************************