sexta-feira, 29 de agosto de 2008

A VÊNUS DE ÉBANO DO RENASCENÇA













Em 1964 aconteceram muitas no Brasil, algumas
de caráter político muito sérias e outras no
plano do entretenimento, quer dizer, das
amenidades. Apesar da crise das instituições
democráticas no país, o concurso de Miss Brasil
não fora afetado. Vera Lúcia Couto dos Santos
foi eleita Miss Renascença, depois referendada
como Miss Guanabara e no Miss Brasil deu "olé"
nas louras e morenas dos demais Estados da
Federação. Imaginemos como deve ter sido dificil
para uma moça de cor enfrentar os preconceitos
daquela época. Antes de embarcar para Long Beach,
Califórnia, para disputar o Miss beleza Internacional
os jornalistas lhe perguntaram como iria reagir se
surgisse algum preconceito racial, ela respondeu:
"- vou enfrentar no peito e na raça"! Verinha ganhou
o troféu de Miss Fotogênia além de conquistar a
terceira colocação. Nunca é demais relembrar o feito
da nossa "mulata bossa-nova"! Abraços

2 comentários:

Anônimo disse...

Evandro, meu nome é Hilton e eu lhe falei há alguns meses que conheci de perto a primeira miss Brasil. Quem seria? Claro a belíssima Vera Couto. Na oportunidade eu pude muito humildemente oferecer a ela, com todo o carinho, e sinceramente, com muita emoção, uma réplica de seu traje típico, uma baiana branca com detalhes em verde, que montei em uma pna boneca. Conheci também sua filha que atenciosamente me agradeceu em nome dela e de toda a família. Nunca mais vou esquecer desse dia, uma sexta de Carnaval que ficou na minha memória pra sempre. Obrigado em nome dela por toda homenagem que vc posta a uma verdadeira "Miss": Elegante, linda e carismática como poucas!!! Do amigo Hilton!

J. Botafogo disse...

Já foi dito e escrito tantos elogios a esta linda mulata, até por mim, que quando vejo um post dela não me contenho enquanto não escrevo algo, exaltando a sua beleza. A beleza de Vera Lúcia Couto dos Santos ultrapassou fronteiras, sendo favorita no MBI de 1.964, logrando o terceiro lugar e o título de "Miss" Fotogenia em Long Beach, perdendo a láurea maior para uma filipina e o 1º "runner up" para a americana, ambas inferiores fisicamente e na passarela. Esta "Miss" Guanabara desfilava com tanta segurança, chegando a contagiar o público do Ginásio Gilberto Cardoso (Maracananzinho), que ia ao delírio quando ela dava os seus famosos "pivôs".
Na sua volta ao Brasil, João Roberto Kelly fez uma marchinha, "Mulata Bossa-Nova", incendiando o Carnaval no país inteiro, quando era executada nos salões momescos e até nos dias de hoje é tocada no carnaval.
Por tudo isso, sabemos nunca ter aparecido uma "Miss" "cor de canela", nacional ou internacional,com tamanha envergadura e charme, "esnobando", como bem diz a marchinha, "as louras e as morenas" do mundo inteiro.
Abraços.

PESQUISE QUALQUER ASSUNTO AQUI NO NOSSO BLOG

,

,

################### 50 ANOS DA ELEIÇÃO DA MISS UNIVERSO 1967 ##################

################### 50 ANOS DA ELEIÇÃO DA  MISS UNIVERSO 1967 ##################
SYLVIA LOUISE HITCHCOCK, MISS USA e MISS UNIVERSO (IN MEMORIAM)

############## 50 ANOS DA ELEIÇÃO DA MISS BRASIL UNIVERSO 1967 #################

############## 50 ANOS DA ELEIÇÃO DA MISS BRASIL UNIVERSO 1967 #################
CARMEN SÍLVIA DE BARROS RAMASCO, MISS SÃO PAULO e MISS BRASIL

,

,

############################## PANTEÃO DO BLOG ###########################

############################## PANTEÃO DO BLOG ###########################

********************************* NOSSAS VICES-MISS UNIVERSO ********************************

********************************* NOSSAS  VICES-MISS UNIVERSO ********************************