quarta-feira, 14 de maio de 2008

AS MISSES DE ONTEM - SEGUNDA PARTE









AS MISSES DE ONTEM – SEGUNDA PARTE

MISS BRASIL 1930
O êxito do concurso de 1922/23 credenciou o Brasil
a sediar o Concurso Internacional de Beleza de 1930,
evento de grandes proporções e muita repercussão
local e internacional. Em 24 de julho de 1930, a
Educação em Rotogravura (Suplemento) d´A Noite,
estampava, na capa, a fotografada Miss Brasil, eleita
na véspera, representante do Rio Grande do Sul, Miss
Pelotas, Yolanda Pereira. Segundo relato da época ela
era belíssima, graciosa e gentil, tanto mais pela sua
discrição. O resultado do Miss Universo 1930 (assim
ficou sendo chamado) foi o seguinte:
1º lugar - Miss Brasil - Yolanda Pereira (s/ref. aos pontos)
2º lugar - Miss Portugal - Fernanda Gonçalves, empatada com Miss Grécia- Alice Diplaraku ( 83 pontos)
3º lugar - Miss Estados Unidos - Beatrice Lee ( 78 pontos).
Segundo relato da própria Yolanda Pereira, em reportagem da
revista Manchete/72, na apresentação das candidatas diante
dos jurados elas deveriam estar de cara lavada, sem nenhuma
maquillagem. O concurso foi amplamente divulgado,
principalmente nas capitais. A vencedora, Yolanda Pereira
foi capa da revista OCruzeiro e fez propaganda do sabonete
Gessy Lever. Ao ser eleita Miss Universo, Yolanda Pereira
recebeu 100 contos de réis e desfilou em carro aberto da
Praça Mauá até Avenida Atlântica. Depois esteve em Porto
Alegre, onde foi recepcionada com banda de música e os
apitos de todas as fabricas.
Em entrevista à revista Fatos & Fotos de 01/08/1968,
declarou: “Lembro-me bem do meu tempo de Miss Universo.
Em 1930, quando fui eleita, havia muito mais cordialidade
entre as concorrentes e mesmo o público não vaiava as misses
na passarela. Éramos obrigadas a desfilar sem pintura, de
vestido preto simples, porque era proibido usar qualquer
artifício, mesmo enfeites ou sapatos. Enfrentamos o júri
diversas vezes, em festas fechadas ou abertas ao público,
e ele julgava as nossas qualidades em todas essas ocasiões.
Na noite da escolha, quem estava de rosto pintado teve que
lavá-lo em frente aos jurados. Os juizes acompanhavam as
misses onde quer que elas fossem. Não havia possibilidade
de engano ou de decisão apressada. Os artifícios de
maquilagem e a lingerie eram proibidos na noite final.
Somente podíamos usar uma combinação por baixo do vestido,
nada mais.”
Yolanda enfrentou fortes concorrentes internacionais. Uma
delas foi Ivette La Brousse, Miss França, uma jovem alta,
bonita e muito elegante que também foi Miss Europa 1930.
Ivette se tornou conhecida mais tarde como a “Begum”,
esposa de Aga Khan, então o homem mais rico do mundo.
Outra forte candidata foi Alice Depfarakus, Miss Grécia.


MISS BRASIL 1932
A representante do Distrito Federal (RJ) novamente saiu
vitoriosa , Srta. Ieda Telles de Menezes. Onze moças
brasileiras residentes em Paris , ou de passagem por lá,
participaram do concurso Miss Brasil 1932. Naquele ano,
estava sendo realizado na Europa o Miss Universo, e todos
os países reclamavam a presença de uma brasileira, talvez
devido ao êxito do Concurso Miss Universo 1930, realizado
no Rio de Janeiro. Como não havia tempo de se fazer um
concurso no Brasil , vários jornalistas brasileiros que
trabalhavam em Paris se encarregaram de eleger a Miss
Brasil 1932, entre jovens brasileiras que residissem na
França ou que ali estivessem de passagem. Reunidos no
Restaurant de Place de la Madeleine, os jornalistas
Elyseu Montarroyos (Jornal do Commercio-Rio), C.Drummond
(Gazeta de São Paulo), Olavo Freire (Gazeta de Notícias,
do Rio), Marcos Sepúlveda (Jornal do Commercio-Recife)
e Brício de Abreu (correspondente de A Noite e O Cruzeiro),
elegeram a jovem morena Yeda Telles de Meneses, filha da
célebre cantora Julieta Telles de Menezes, então dando
concertos de música brasileira na Salle Gaveau. Yeda
Telles de Menezes foi a única Miss Brasil que não foi
eleita no Brasil. Ela fez enorme sucesso em toda Europa,
pois era dotada de elegância, beleza, simpatia e cultura.


MISS BRASIL 1939
Vânia Pinto, representando o Distrito Federal (RJ) foi
eleita Miss Brasil. Vânia Pinto, de Campinas, tinha
15 anos quando se elegeu Miss Brasil 1939. Não desfilou
de maiô e a guerra impediu que saísse do Brasil para
disputar o Miss Universo nos Estados Unidos.

MISS BRASIL 1949
Foi realizado em Petrópolis, no luxuoso Hotel Quitandinha,
a 12 de junho de 1949. As concorrente dos Estados foram:
Mis Território do Acre – Glória Blemen
Miss Amazonas – Maria Amália Ferreira
Miss Espírito Santo – Yedda Finamore
Miss Estado do Rio – Cora Laterça
Miss Distrito Federal – Marina Cunha
Miss Goiás – Jussara Marquez
Miss Maranhão – Norma Guedes
Miss Minas Gerais – Maria da Glória Drummond
Miss Pará – Brigitte Riebsch
Miss Paraná – Josemary Caldeira
Miss Pernambuco – Maria Auxiliadora Manguinhos
Miss Rio Grande do Sul – Myriam Hartz
Mss São Paulo – Margarida Frussa)
O resultado final foi o seguinte:
1º lugar – Miss Goiás – Jussara Marquez
2º lugar – Miss Distrito Feral (RJ) – Marina Cunha
3º lugar – Miss São Paulo – Margarida Frussa
4º lugar – Miss Amazonas – Maria Amália Ferreira
A favorita era a Carioca Marina Cunha mas o júri
formado por eminentes personalidades preferiu dar
o título a Miss Goiás, Jussara Marquez, pois na
opinião deles Jussara representava o tipo da
brasileira: morena, olhos castanhos. O Miss Universo
de 49 seria realizado em Paris, mas Jussara Marquez
não viajou à Franca. Inclusive não recebeu todos os
prêmios a que teria direito da organização do concurso,
motivo pelo qual ameaçou entrar na Justiça. Morou um
ano no Rio de Janeiro e depois voltou para seu Goiás,
onde teve um município batizado com seu nome, em 1950.

CONCLUSÃO
Tenho esperança de haver contribuído de alguma forma
para complementar nossas informações a respeito do
concurso de Miss Brasil, não oficial e, salientar a
dificuldade que se tem de pesquisar sobre o assunto.
Existem muitas informações mas a grosso modo, pode-se
dizer que não têm consistência histórica, isto é,
faltam registros em revistas/jornais de circulação
nacional. Observei também que a tradição brasileira
na classificação das finalistas do Miss Brasil sempre
foi do 1º ao 4º lugar, coincidindo em 1922/23, 1930 e
1949. Outra curiosidade foi que os Diários Associados
ao adquirirem o Jornal A NOITE ficaram com “a franquia”
(o grifo é meu) do concurso Miss Brasil também. Outro
ponto interessante registrar é que o Miss Universo de
1930 realizado no Rio de Janeiro é algo isolado, haja
vista que também realizou-se o de Galveston no Texas,
USA, cuja vencedora foi uma americana com participação
de apenas sete estrangeiras (vide www.pageantopolis.com/
international/universe_1920.htm)

As fotos são de Manchete/Fatos & Fotos/OCruzeiro,
Informações e datas retirados do Livro Momentos
Inesquecíveis, Ed. ABC ,Fortaleza 1999. Coloboradores:
amigos DASLAN MELO LIMA (Poeta Pernambucano) formatou
o texto e LOURIVALDO (Potiguar) fotografias. Agradeço
a vocês e critiquem o que estiver incorreto.

7 comentários:

J. Botafogo disse...

Evandro, este teu texto já não é uma reportagem, é um verdadeiro trabalho de pesquisa histórica, sobre como nasceram os concursos de beleza e como aportaram no Brasil. Eu não o conhecia e quero parabenizar-te por este compêndio, que em muito vem ilustrar àqueles aficcionados em certames de beleza. Intrometendo-me, e "puxando braza para a minha sardinha", quero complementar, sobre Vânia Pinto, eleita "Miss Distrito Federal e em seguida "Miss" Brasil 1939, representando o Glorioso Botafogo, único clube brasileiro a eleger Misses Brasil, num total de quatro representantes,incluindo um dos ícones da beleza brasileira, Adalgisa Colombo. E por comentar sobre Adalgisa, está sendo louvável a tua homenagem sobre o seu jubileu de ouro, fazendo uma retrospectiva sobre a beleza dessa marcante mulher, com belas fotos neste teu blog.
Abraços.

J. Botafogo disse...

P.S.: em vez da palavra "braza", leia-se, brasa.

francisco disse...

EVANDRO MEU AMIGO VOCE SEM DUVIDA NENHUMA É UM CONHECEDOR DO ASSUNTO, CADA DIA APRENDO MAIS COM VOCE, MUITO OBRIGADO POR VOCE PARTE DOS MEUS AMIGOS, UM FORTE ABRAÇO.

Vera Lúcia disse...

Realmente é um verdadeiro trabalho de pesquisa sobre as Misses do Brasil antes de 1954. Só posso dizer que adorei e parabenizá-lo pelo excelente trabalho, amigo Evadro.
Abraços da amiga
Vera Lúcia

MÁRCIO LANDIN disse...

Isso que é amor à sua gente e ao seu povo demonstrado através da sua atividade. Parabéns a Evandro! Parabéns a esse missólogo que nos honra muito com seu trabalho sempre interessante e claro é assim que agente tem orgulho de nós mesmos. Parabéns a essas mulheres que numa época bem mais difícil que a nossa e num país extremamente conservador, nos deram esse privilégio e essas conquistas.

Luiz Ricardo disse...

Evandro, nota DEZ para o seu trabalho! Que maravilha! Abraço.

Anônimo disse...

Humm! o que dizer. Tu foste fantástico. Esses fatos transcritos não conhecia. Em 30, pela fotos, gostei muito da Miss Itália.Achei incrível o Miss Brasil ocorrer na França; nunca vi um comentário a respeito disso. Também concordo que a tradição das 4 finalistas deveria se manter, mesmo porque, só saem 2 candidatas para fora. O prestígio do Miss Brasi está voltando: Natália Anderle esteve na Record e estaria na Globo (Zorra Total).Bem, teu histórico valoriza os torneios anteriores que ficaram como uma lacuna no Miss Brasil divulgado,e mesmo, no Miss U,em que só valorizando os posteriores a 54. Abraços,JA

PESQUISE QUALQUER ASSUNTO AQUI NO NOSSO BLOG

,

,

################### 50 ANOS DA ELEIÇÃO DA MISS UNIVERSO 1967 ##################

################### 50 ANOS DA ELEIÇÃO DA  MISS UNIVERSO 1967 ##################
SYLVIA LOUISE HITCHCOCK, MISS USA e MISS UNIVERSO (IN MEMORIAM)

############## 50 ANOS DA ELEIÇÃO DA MISS BRASIL UNIVERSO 1967 #################

############## 50 ANOS DA ELEIÇÃO DA MISS BRASIL UNIVERSO 1967 #################
CARMEN SÍLVIA DE BARROS RAMASCO, MISS SÃO PAULO e MISS BRASIL

,

,

############################## PANTEÃO DO BLOG ###########################

############################## PANTEÃO DO BLOG ###########################

********************************* NOSSAS VICES-MISS UNIVERSO ********************************

********************************* NOSSAS  VICES-MISS UNIVERSO ********************************